18 julho 2013

Resenha do Filme: O Cavaleiro Solitário


 Oi galera, tudo bem? Depois de muito tempo sem postar estou aqui para resenhar o filme: O Cavaleiro Solitário.

http://blogs.diariodonordeste.com.br/blogdecinema/wp-content/uploads/2013/03/O-Cavaleiro-Solit%C3%A1rio-poster-2.jpg


 Sinopse: O nativo americano Tonto narra as histórias que transformaram John Reid um homem da lei em uma lenda da justiça, enquanto os dois heróis improváveis precisam aprender a trabalhar juntos e lutar contra a ganância e a corrupção.


Primeiramente, quero falar que tive um pequeno preconceito pelo filme ser da Disney.
Deixo claro que eu adoro a Disney, porém ela trabalha com uma faixa etária muito infantil e faz com que os filmes fiquem muito mamão com açúcar e isso frustra totalmente as minhas expectativas.

O Cavaleiro Solitário trás a narração do índio Tonto (Johnny Depp) sobre a trajetória de John Reid (Armie Hammer)  de um simples homem da lei à uma lenda do velho Oeste.

Tudo começa depois de uma emboscada feita pelo bandidão Butch Cavendish, onde todo mundo morrer e o nosso estranho protagonista vira o Cavaleiro Solitário. Ok, devo confessar que ele não me parece tão solitário assim.
Com a ajuda do seu fiel acompanhante o índio tonto, John vai atrás do pistoleiro de uma figa que matou seu irmão.

O filme trás ação, um pouco de romance e bastante humor.

O cavaleiro Solitário venceu as minhas expectativas sobre filmes da Disney, pois trás assuntos um pouco mais adulto, como a paixão proibida do protagonista pela mulher do irmão, e assassinatos a sangue frio.
Sim, o filme não é ruim, porém ele é longo, por isso se você for uma dessas pessoas que não tinha paciência nem para ver O Senhor dos Anéis, é capaz de cair no sono nos primeiros cinco minutos.

John, nosso querido protagonista é bem peculiar, um pouco infantil, teimoso e com um senso de justiça fora do comum. Já o índio tonto, é com certeza a versão indígena e catequizada do capitão Sparrow. 

 Apesar do filme ter ficado pelo menos uma hora enchendo linguiça, a atuação do Johnny Depp (que praticamente monopolizou o filme) foi muito boa, como já esperado, basicamente o filme passou de O cavaleiro Solitário para O Índio Solitário.
E apesar de alguns desapontamentos, a cena final (uma perseguição de trem)  teve o poder de perdoar todas as falhas que eu julguei ser imperdoáveis no filme. Então eu pude sair da sala de cinema com a sensação de "Nossa esse filme foi muito bom!" 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Participe e deixe se comentário! Ele é muito importante.
- Se você chegou até aqui não custa nada ler o post todo e dar uma opinião maior que só o tradicional " Gostei"
- Respondo todos os comentários e vou adorar visitar o seu blog caso deixe o endereço dele aqui.

Muito obrigada e volte sempre :)

Sou Adulta Agora - créditos

Tema Base por Butlariz